Dieta DASH na prevenção da gota

0

Será que uma alimentação equilibrada que permite reduzir a pressão arterial poderá trazer benefícios nos níveis circulantes de ácido úrico? Parece que sim!

 

Recentemente, um ensaio clínico experimental, publicado no jornal Arthritis and Rheumatology, revelou que parece haver uma associação positiva entre a adoção de uma dieta DASH e o tratamento da gota, um tipo de artrite inflamatória.

 

O estudo incluiu 400 participantes que colocavam em prática uma alimentação rica em frutas, vegetais e produtos lácteos magros, e reduzida em gorduras, sobretudo gorduras saturadas (é a chamada dieta DASH, utilizada para o combate da pressão arterial elevada). Em simultâneo com uma redução da pressão arterial, verificou-se uma significativa redução dos níveis de ácido úrico.

 

Segundo a Fundação Americana de Artrite, a acumulação de cristais de ácido úrico é responsável pelo desenvolvimento da gota. Neste estudo, verificou-se que em alguns casos, o efeito na diminuição do ácido úrico foi de tal forma significativo que pode, inclusive, ser comparado aos resultados da terapêutica medicamentosa normalmente utilizada no tratamento da forma dolorosa da doença.

 

De acordo com o Dr. Edgar Miller (professor de Medicina na Johns Hopkins University School of Medicine, em Baltimore), como consequência dos resultados obtidos no estudo, dever-se-á começar a considerar a alimentação como uma terapêutica de primeira linha, de forma a prevenir a gota. Para além das recomendações nutricionais normalmente feitas na abordagem terapêutica, onde se inclui a redução da ingestão de bebidas com álcool e de proteína, a dieta DASH poderá ser considerada como uma mais-valia a nível preventivo.

 

Mais um dos contributos de uma dieta equilibrada para o bem estar geral e promoção da saúde!

 

 

Share.

Leave A Reply