5 mentiras sobre o emagrecimento

0

Escrevi algumas crónicas para a New in town que também serviram de inspiração ao meu livro Correr para emagrecer. Nesta crónica falo sobre as 5 mentiras sobre o emagrecimento.

1. Barriga lisa para o verão em 4 semanas
O definição corporal e o emagrecimento saudável requer tempo e paciência, uma pessoa que foi sedentária ao longo de 20/30 anos não vai conseguir um corpo perfeito em 4 semanas ou 4 meses, é necessário o organismo adaptar-se. Nada é fácil na vida muito menos mudar o corpo rapidamente.
Atitude: Não acreditar em tudo o que dizem

2. Os alimentos light são a solução
A industria alimentar tenta passar a mensagem que vende produtos saudáveis com base na informação calórica (0 calorias) no entanto estes não deixam e ter açucares, gorduras ou substitutos. É fundamental ler o rótulo e não acreditar na embalagem.
Atitude: Duvidar sempre do embrulho

3. Para emagrecer só devo fazer exercício cardiovascular
É certo que o treino cardiovascular consome calorias, no entanto, o nosso corpo adapta-se rapidamente a exercícios de intensidade moderada, como resultado, ao longo do tempo, o metabolismo vai abrandar e a consequência é um menor consumo de calorias para a mesma quantidade de esforço. Idealmente deveremos intercalar o treino cardiovascular com o treino de resistência (com pesos) para aumentar a capacidade muscular local e o treino intervalado (alternando períodos de trabalho de alta intensidade com períodos de recuperação relativamente curtos), devido à constante alteração de estímulo, vai evitar que o seu metabolismo se adapte tão facilmente e tenha que estar sempre alerta para dar resposta às necessidades criadas.
Atitude: Manter uma rotina de treino variado

4. Para perder gordura na barriga devo fazer muitos abdominais
A perda de gordura localizada não se resume ao treino dessa zona especifica do corpo, cada pessoa tem uma zona especifica de reserva de tecido adiposo (gordura), a zona de acumulação varia de pessoa para pessoa (pernas, braços, barriga, anca, tronco, cintura, etc). Terá de existir um défice calórico para que o organismo recorra a essa zona de reserva energética, apenas é possível atingir esse défice com exercícios e englobem diversos grupos muscular e não com exercícios focado num só grupo muscular.
Atitude: O gordura perde-se de forma global e não local

5. Os suplementos fazem-me perder peso
Os suplementos alimentares se forem utilizados de forma equilibrada em conjunto com uma dieta equilibrada e exercício físico regular ajudam na processo de perda de peso, não são úteis se utilizados de forma errada e de forma isolada, muito menos se forem utilizados como substitutos da sua alimentação. Caso a dieta forneça à pessoa os nutrientes necessários à sua rotina e ao seu programa de treino, os suplementos são totalmente dispensáveis.
Atitude: Primeira opção é treinar e comer bem

New in town – www.nit.pt

A NiT é uma revista online portuguesa de lifestyle, cultura e lazer.

Share.

Leave A Reply